Romano Nardello:

Ao completar a idade de prestar o serviço militar, o cidadão Romano foi incorporado ao Batalhão de infantaria da cidade de Santiago do Boqueirão proximo de Santa Maria. Em 1939 iniciou a segunda guerra mundial e o Brasil foi convocado a participar da libertação da Europa, e soldado Romano foi enviado juntamente com outros milhares de soldados brasileiros para a Italia, libertar o povo italiano dos invasores alemães.

Lá participou de retomadas de varias localidades ocupadas pelo alemães, e após 2(dois) anos lutando em solo italiano foi selecionado para receber treinamento especial, visando a retomada de Monte Castello pois os alemães e italianos estavam fortemente instalados no local, e quando seu pelotão estava se deslocando para a frente de batalha, foi promovida a rendição da Alemanha e decretada o termino da IIª guerra, e o soldado Romano após o término da guerra permaneceu na Italia por mais 3(tres) meses.

Ao retornar ao Brasil e após passar algumas semanas no Rio de Janeiro, recebendo as merecidas homenagens das autoridades brasileiras, voltou para Erechim em especial para a localidade de Jaguareté onde residiam seus pais e irmãos, foi recebido com uma grande festa promovida pelo seu pai Abramo Nardello , pelo seu retorno, são e salvo, a sua terra natal. Recebeu muitas homenagens de autoridades nos anos seguintes, casou com Carolina Ferrari sua namorada de antes de ir para a Italia e tiveram os filhos Maria, Maximinio, Natalino, Clair e Nilva.

Em 2003 teve um derrame celebral (ACV), ficando paralizado e inconsciente por longo periodo vindo a falecer no inicio de 2004, e descansa em paz no cemitério de Jaguareté.

Historia relatada por Tiago Alcioni Ferrari:

Voltar Pagina Anterior